O que é Psicologia Transpessoal?




Na década de 60, no auge da contracultura com os estudos sobre os estados alterados da consciência, nascia a Psicoterapia Transpessoal. Definida por Abraham Maslow, um dos seus fundadores, como a quarta força da psicologia, esta rompe com padrões limitantes impostos pelas outras escolas da psicologia; expandindo a maneira de abordar e considerar a psiquê humana.


Assim, a escola transpessoal é mais abrangente e, de fato, também conta com as abordagens das escolas anteriores, analisando o indivíduo a partir do físico, mental e emocional. 


No entanto, acredita que o paciente deve ser compreendido além da dimensão do ego, ou seja, não apenas através do corpo e mente, mas também da alma.


A Filosofia, considera a Alma como o conjunto de atividades imanentes à vida ( pensamentos, afetividade, intuição, etc) e que são entendidas como manifestações de uma substância totalmente e/ou parcialmente autônoma em relação a materialidade do corpo.


Não é sobre religião, e sim sobre uma expansão de consciência, entendendo que o ser está ligado a algo maior, nomeado como o Self Superior, Universo, Deus, o Sagrado, os Cosmos, e etc. Como o próprio nome da terapia já diz, trans-pessoal, portanto, além da dimensão pessoal.


A Psicoterapia Transpessoal acredita que existem estados expandidos de consciência que só são possível de alcançar quando há a superação do ego. Desta forma, ela se debruça na espiritualidade humana, porque promove uma conexão entre corpo e alma.


Em suma, esta psicoterapia traz um novo paradigma para o tratamento de doenças físicas e transtornos psicológicos, considerando e reconhecendo também os desequilíbrios da Alma.



0 visualização

Casa de Sofia - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por B2K Marketing